sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

HOMENAGEM A SÃO PAULO




SÃO PAULO ZOOM



PAISAGEM

PAULISTANA

APAGA

A IMAGEM

NA MINHA RETINA

E AFAGA

O EGO

DA MENINA

INTERNA

QUE SE PROPAGA

NUM VOO CEGO

SOB A PESTANA

CLIC

CLIC

EFEITO

ESTÁTICO

NUM FLASH

ME TORNO URBANA



katia martins

in FAZENDO LUZ



quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

NOTICIAS LITERÁRIAS


Semana Nacional da Leitura e da LiteraturaO presidente Lula assinou na semana passada a Lei nº 11.899, instituindo o Dia Nacional da Leitura, que será comemorado em 12 de outubro. Também integrará o calendário oficial de celebrações relacionadas à cultura brasileira, a Semana Nacional da Leitura e da Literatura, que será comemorada no mesmo período em que recair o Dia Nacional da Leitura. Com isso, segundo o site do Ministério da Cultura, o "Governo Federal pretende ressaltar a importância do hábito da leitura no país, fundamental no processo de formação do indivíduo e de inclusão sociocultural". O mundo do livro e da leitura também conta com outras datas comemorativas: 12 de março (Dia do Bibliotecário), 18 de abril (Dia Nacional do Livro Infantil), 25 de julho (Dia Nacional do Escritor) e 29 de outubro (Dia Nacional do Livro).
___________________________________________________________________
Adaptação ao Novo Acordo Ortográfico é feita de forma gradualApesar de estar em vigor desde o dia 1º de janeiro, o Novo Acordo Ortográfico ainda não é adotado por grande parte das instituições brasileiras. De acordo com o Estadão.com.br, alguns órgãos como o Museu da Língua Portuguesa, algumas secretarias estaduais e o Governo Federal ainda utilizam-se da norma antiga, enquanto o Diário Oficial da União e o do Estado de São Paulo optaram por utilizar as duas formas. Em relação ao mercado editorial, o jornal DCI destaca o custo estimado para a implantação da nova ortografia: cerca de R$ 60 milhões, considerando apenas a revisão de conteúdo e a rediagramação. E para a BBC, ainda há incertezas sobre a sua adoção nos outros países do mundo lusófono. Para conferir um resumo das novas regras, clique aqui. Para assistir a um samba feito em Portugal sobre a reforma ortográfica e intitulado Será que tem algum nexo matar o cincunflexo, clique aqui.
__________________________________________________________________
Fundo Nacional da CulturaEm entrevista ao Jornal do Brasil, o ministro da Cultura, Juca Ferreira, explicou o novo projeto de lei de incentivo cultural e as modificações nas regras de renúncia fiscal, transformando o Fundo Nacional da Cultura no principal instrumento de fomento. Cada setor específico, como Livro e Leitura e Diversidade Cultural, irá funcionar de maneira independente, como modelos independentes de gestão e avaliações especializadas dos projetos. O ministro também fala sobre o Vale-Cultura, investimento no acesso aos bens culturais que permitirá ao trabalhador trocar seus tíquetes por livros e entradas de teatro, dança e cinema. Clique aqui para ler a entrevista e aqui para conhecer o Fundo Nacional da Cultura.
___________________________________________________________________
Cecília Meireles (1901 - 1964)
Retrato
"Eu não tinha este rosto de hoje,
assim calmo, assim triste, assim magro,
nem estes olhos tão vazios,
nem o lábio amargo.
Eu não tinha estas mãos sem força,
tão paradas e frias e mortas;
eu não tinha este coração
que nem se mostra.
Eu não dei por esta mudança,
tão simples, tão certa, tão fácil:
- Em que espelho ficou perdida
a minha face?"
_________________________________________________________________




BENÇÃO À BARAK


Barack Obama é agora o homem mais poderoso do mundo, pois, hoje, tomou posse do maior poder humano na Terra: os Estados Unidos da América.

Escrevi palavras de cuidado acerca da euforia idolátrica que se criou em torno da figura de Obama.

Disse que para cada virtude dele existe uma equivalente desvirtude, e que, por isto, todos deveriam esperar que ele fizesse o que é bom, mas sem cultos ou messianismos; pois, uma das coisas que nele sempre será um problema, é seu sentimento messiânico — e, humanamente falando, existe muita razão para que ele se veja muito bem, posto que de fato ele seja o homem com todas as prerrogativas para o cargo.

Sim! Ele é uma síntese perfeita de muitas expectativas boas e justas!

Além disso, ele é fino, simpático, sério nas expressões, cuidadoso nos movimentos, atento, cavalheiro nos gestos, firme no falar, simples e prático nas idéias, pessoal sem ser demais, e, sobretudo, parece ser extremamente humano.

Entretanto, todas essas coisas têm os seus correspondentes negativos nele também. Assim nele como em todos os homens também.

Portanto, se alguém deseja orar com lucidez por Barack Obama, frente ao imenso desafio que agora é dele e de sua administração — ore para que ele seja um homem de uma cara só, de uma palavra só, de acordos claros, de transparência no fazer, de objetividade na escolha da justiça, de independência ante a adulação da mídia, de discernimento frente às inúmeras avenidas de tentação que ele tem diante de si; e, sobretudo, peça a Deus que ele seja quebrantável e humilde; pois, sem que assim seja, ele tem o potencial para ser um sedutor sutil, agradável e capaz de inaugurar o primeiro populismo com cara americana: o populismo multi-cultural e multi-étnico, que, virtualmente, seria o 1º Populismo Mundial.

Sou uma pessoa sempre esperançosa, embora minhas esperanças nunca se confiem no homem.

Esqueci minhas preocupações e apenas curti a cerimônia, como tenho feito desde sempre.

Linda foi a posse de Obama.

Chorei. Compadeci-me de muita gente, incluindo os Bushs. Orei por muitas faces familiares que vi. Alegrei-me com as imagens dos Ex-Presidentes e suas esposas. Emocionei-me com muita coisa, inclusive, bastante, com a fala de Obama — que teve de mim muitos “Améns” e “Deus te abençoe!”

Paulo disse que orássemos por todos aqueles que estão investidos de poder.

Devemos orar por tais pessoas por muitas razões, mas, aqui, desejo apenas apontar uma ou duas delas.

1. Porque ninguém, por melhor que seja, consegue passar incólume pelo exercício do poder. Assim, deve-se orar por Obama porque ele está onde está o trono de Satanás: quanto mais poder, mais presença satânica, sempre. É assim que o Evangelho ensina; e, portanto, é assim que os discípulos devem ver o poder e seu exercício.

2. Porque Obama está em uma posição de importância vital para o bem ou o mal da humanidade. Dependendo de como ele se conduza e se comporte, por dentro e por fora, tal movimento terá importância ótima ou devastadora para a Terra.

Já disse mais de uma vez aqui neste site que os Estados Unidos da América são um Império político, econômico, cultural e espiritual para o mundo.

A América é a melhor Roma que Roma poderia ser sendo um Império!


Leia: A MORTE DO DÓLAR!

Um Império, conforme já disse aqui no site, nunca é bom. Todo império é invasivo e dominador.

A América, no entanto, é um Império no qual um Imperador pode suceder outro a cada quatro anos, com regularidade secular, e, assim, poder renovar o Império com as mudanças que venham a emergir do povo: a Democracia.

Além disso, é também um Império sob o escrutínio da mídia mundial.

Portanto, dentre os poderes com potencial imperial presentes hoje no Planeta, sinceramente, não vejo nenhum com potencial para exercer tal papel quase inevitável em mundo caído e perverso, melhor do que os Estados Unidos da América.

A América sobreviveu a oito anos de insanidade Bushiana e ainda é o maior poder humano na Terra.

Do ponto de vista de uma campanha de renovação de imagem, diria que a eleição de Obama é o melhor agente de mudança de paradigma que a América jamais poderia produzir neste momento da História Humana.

Nos anos de minha vida não creio que jamais tenha vista um homem subir a tão alto poder ungido por tantas convergências e expectativas positivas.

Barack [Benção: este é o significado do nome de origem africana] está sendo abençoado por todos os povos do mundo!

Assim, digo:

Deus o abençoe Barack Obama; e que você, Obama, consiga viver uma vida maior do que as propostas de desvio da verdade que as conveniências do poder lhe proporão!

Que por amor à humanidade você se mantenha fiel à sua consciência!

Que pelo temor de Deus você mantenha e adquira toda a sabedoria!

Esta é minha oração por Barack Obama!


Nele, que reina sobre os reinos e impérios,


Caio
20 de janeiro de 2009
Lago Norte
Brasília
DF

Textos anteriores:

PRESIDENTE BARACK Gandhi-Luther-Kennedy-Mandela OBAMA

BARACK OBAMA: MINHA OPINIÃO! POSSO?


OBAMAMANIA!
http://www.caiofabio.com/
http://www.vemevetv.com.br/

domingo, 4 de janeiro de 2009

Carta de despedida do trema


Como outros já fizeram, quero também me despedir do trema, cuja morte foi anunciada por decreto a partir de 1º de janeiro.

Não uma, mas cinqüenta e cinco vezes, quero me despedir desta acentuação antiqüíssima e usada com tanta freqüência. Fomos argüídos a respeito? Claro que não! A ambigüidade que tínhamos para decidir se queríamos usar o trema ou não numa frase nos foi seqüestrada para sempre. Afinal, a ubiqüidade do trema nunca nos foi exigida.

Quem deve se beneficiar com esta tão inconseqüente medida? Creio que tão somente os alcagüetes, os delinqüentes e os sangüinários, justamente aqueles que não estão eqüidistantes, como nós, dos valores eqü
iláteros da Sociedade.
Vocês já se argüiram sobre as conseqüências do fim do trema para os pingüins, os sagüis e os eqüestres? Estes perderão uma identidade conquistada desde a antigüidade. E o que dizer do nosso herói Anhangüera, que vivia tranqüilo com o seu nome indígena? Com a liqüidação do trema, a pronúncia do seu nome não será mais exeqüível.

Os nossos papos de chopp nunca mais serão os mesmos, pois a tão freqüente lingüicinha acebolada vai desagüar num sang
üíneo esquecimento. O que vai acontecer com o grão de bico com gergilim, agora sem o liqüidificador para prepará-lo? Ah, meu Deus! Tenha piedade de nós! Nunca mais poderemos escrever que "a última enxagüada é a que fica"!

Não sei se vou agüentar a perda da eloqüência, em termos de estilo literário, que o trema trazia à Última Flor do Lácio. É preciso que averigüemos se haverá seqüelas futuras! E para onde vai a grandiloqüência dos lingüistas? Haja ungüento para suportar tamanha dor! O que podemos esperar em seqüência? Será que não se poderia esperar mais um qüinqüênio para que fossem melhor avaliados os líqüidos benefícios desta mudança?

Portanto, pela qüinquagésima vez, a minha voz ensangüentada se une à dos bilíngües e trilíngües como eu, cuja consangüinidade lingüística e contigüidade sintática se revolta ante tamanha iniqüidade.. Pedir que nos apazigüemos, para mim é inexeqüível, pois falta-nos tranqüilidade diante de tamanha delinqüência gramatical.

Portanto é com dor no coração que lhe dou este meu adeus desmilingüido.

Adeus, meu trema querido! Mas pelo menos uma coisa me apazigüa, pois quando a saudade bater, sei que vou poder revê-lo quando estiver lendo alguma coisa em alemão.

Abs,

MINHA LÍNGUA, NOSSA LÍNGUA


Começamos o ano com nova língua. Tenho lido muitas críticas sobre o acordo ortográfico da língua portuguesa. Acho que são exageradas. Quantos planos econômicos e moedas já tivemos? O euro começou a circular há dez anos e pouca gente se lembra do marco alemão e do franco francês. A Europa continua lá.
Os portugueses reclamaram, fizeram actos de protesto. Ganhamos de volta o W, o K e o Y que nunca saíram para ser exacto.
Enterraram o trema. Meu computador não gostava dele há algum tempo, recusava-se a aceitar a tecla acima do número 6. Gênio complicado tem meu Mac! Brigamos todos os dias. O que ele não sabe é que as palavras estrangeiras não perderão o trema. Ela vai ter que aguentar. Nenhum delinquente com mais de cinquenta anos pode impedir o sequestro de um sinal. Fique tranquilo! Nem um debiloide estoico da Coreia teria uma ideia de que as mudanças provocariam essa geleia geral.
Imagine uma jiboia paranoica cercada por imensa plateia. Ela faria uma tramoia dessas? Que feiura! Só no Piauí.
Meu avô diria – eu te abençoo, minha filha. Os que não creem no voo do progresso, eu não perdoo. Não se pode mais comer pera nem sentir enjoo. Eles não veem mais as palavras que leem nos livros. Não são do tempo em que se escrevia pharmacia...
Como vamos entender se alguém falar – o metrô para a cidade. Ele é para a cidade ou ele vai parar a cidade?
Apesar de tudo, podemos escolher uma forma de bolo ou uma fôrma de bolo. A receita não muda, contudo.
Não entendi algumas mudanças. Será que vou poder enxaguar as roupas no presente do indicativo? Eu enxaguo. Eles enxaguam. Talvez seja mais fácil “passar uma aguinha”. Parece que nem o super-homem, nem qualquer subumano poderá ser co-herdeiro desse projeto antieducativo. Pense na autoaprendizagem (o que faço consultando a internet para escrever o texto), na autoinstrução. Toda atividade extraescolar plurianual fará parte da infraestrutura da educação. Um anteprojeto antipedagógico será recusado. Qualquer semianalfabeto, semiopaco, semiaberto ou semiesférico poderá faze-lo. É tudo o que um pseudoprofessor de geopolítica, sem a menor autoproteção pensará depois disso.
Continuarei a usar creme antirrugas, mas não mais minissaias. Graças a Deus não preciso pensar em cossenos e semirretas. Não poderei fugir de multissecular ou de neorrealismo até mesmo de ultrassom. Sei que é um contrassenso. É até meio antissocial, mas não quero me tornar uma pessoa ultrarresistente que vive num microssistema. Nada anti-ibérico, amigos lusos! Meu superotimismo não é superexigente.
Ultramoderno, uma coprodução de Bill Gates para vender programas para pessoas que precisam usar o word!!! Supereconômicos.

Neta Mello