segunda-feira, 27 de abril de 2009

LYGIA FAGUNDES TELLES

LYGIA FAGUNDES TELLES É HOMENAGEADA PELA CIA DAS LETRAS











A partir deste mês, a Companhia das Letras dará início à reedição das obras completas de Lygia Fagundes Telles, uma das escritoras mais importantes da literatura brasileira, sucesso de público e crítica.
Nascida em São Paulo e formada em direito pela USP, Lygia escreveu quatro romances e mais de uma dezena de livros de contos, além de obras memorialísticas. Entre suas principais publicações estão os romances As Meninas e Ciranda de Pedra e os livros de contos Antes do Baile Verde e A Noite Escura e Mais Eu. Agraciada com vários prêmios literários - entre eles o prêmio Camões, um dos mais importantes da literatura em língua portuguesa -, Lygia teve seus livros publicados em diversos países e adaptados para cinema, teatro e tevê. Participa, também, de numerosas antologias.
A publicação de sua obra pela Companhia das Letras, com novo projeto gráfico e editorial, sob a coordenação de Alberto da Costa e Silva, Antonio Dimas, Lilia M. Schwarcz e Luiz Schwarcz, trará textos revistos pela autora e posfácios inéditos de importantes escritores e intelectuais brasileiros.



Terça-feira, 28 de abril, às 20h
Teatro

Leituras de textos da escritora com Eva Wilma, Regina Braga e Luciano Chirolli, adaptados pela dramaturga Maria Adelaide Amaral

Direção de Sergio Ferrara

Apresentação musical de Ná Ozzeti, Arthur Nestrovski, Marcelo Jeneci e Dimos Goudaroulis

___________________________________________________________________________


Terça-feira, 5 de maio, às 20h
Auditório

Leitura aberta da peça As meninas
Texto de Lygia Fagundes Telles
Adaptação/dramaturgia de Maria Adelaide Amaral
Concepção e direção de Yara de Novaes

___________________________________________________________________________

Quarta-feira 13 de maio, às 20h
Auditório

Debate sobre a obra de Lygia Fagundes Telles com os coordenadores editoriais Alberto da Costa e Silva e Antonio Dimas. Mediação da professora Lilia M. Schwarcz

____________________________________________________________________________

Retirada de ingressos na Central de Atendimento do SESC Vila Mariana 1h antes do início de cada atividade, enquanto houver disponibilidade.

SESC Vila Mariana
Rua Pelotas, 141
Tel.: 5080-3000 - 0800-118220
www.sescsp.org.br

sábado, 25 de abril de 2009

VÍDEO - ARNALDO ANTUNES

ARNALDO ANTUNES, um dos mais populares representantes do movimento concretista na atualidade.

PARTICIPE DO WWF - A NATUREZA AGRADECE






Participe! Você pode fazer muito


Junte-se a nós. Afilie-se ao WWF-Brasil.

O Brasil possui uma das biodiversidades mais ricas do mundo, as maiores reservas de água doce do planeta e mais da metade das florestas tropicais que ainda restam. Estima-se que aqui está uma em cada 10 espécies de plantas ou animais existentes. Mas toda essa riqueza natural está ameaçada e, por isso, a natureza precisa da sua ajuda

www.wwf.org.br






"Não deixe o samba morrer..."


Conheça a equipe que fez a Hora do Planeta acontecer
Saiba como as mudanças climáticas estão modificando a vida das pessoas
Apagamos as luzes. A Hora do Planeta passou. O sucesso da iniciativa neste 1º ano da participação brasileira superou as expectativas. Agora a vida continua. Continua? Não como antes! Que tal, daqui por diante, colocarmos em prática tudo aquilo que discutimos e refletimos durante a preparação e a Hora do Planeta?





"Contribuir para que a sociedade brasileira conserve a natureza, harmonizando a atividade humana com a conservação da biodiversidade e com o uso racional dos recursos naturais, para o benefício dos cidadãos de hoje e das futuras gerações".


Missão do WWF-Brasil

PROGRAMA DE FOMENTO E INCENTIVO À CULTURA

Esta mudança te interessa!


Um grande debate está sendo travado no Brasil sobre o novo Programa de Fomento e Incentivo à Cultura (Profic), que substituirá o Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac) instituído pela Lei Rouanet, maior fonte de financiamento da produção cultural do Brasil, hoje, da ordem de 1 bilhão e 200 milhões de reais anuais.



A grande novidade do novo Programa é a criação de Fundos Setoriais específicos para a Diversidade Cultural, dentre eles o Fundo Setorial da Cidadania, Identidade e Diversidade Cultural, e o Fundo Setorial da Memória e Patrimônio Cultural Brasileiro. A gestão destes fundos setoriais terá a participação direta de representantes dos segmentos implicados.



Compareça e participe dessa Discussão!



Dia: 29/04/2009 - Horário: 14h



Local: Foyer da Sala BNDES - Cinemateca Brasileira -

Largo Senador Raul Cardoso, 207 - Vila Clementino - São Paulo

*Confirme sua presença pelo endereço eletrônico: leiliane.sousa@cultura.gov.br;



Informações: (61) 3316 2129



Defenda os seus interesses! Participe!



Conheça a proposta do MinC.



•Acesse o texto do projeto de lei, na íntegra, na página da Casa Civil da Presidência da República (http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/consulta_publica/programa_fomento.htm)

• Acesse a cartilha do MinC que explica a reforma, ponto a ponto;

• Acesse uma apresentação mais detalhada acerca da reforma;

• Acompanhe as discussões e debates no rádio, nos jornais e telejornais, em diversos sites na internet.

• Blog da reforma no site do Ministério da Cultura: http://blogs.cultura.gov.br/blogdarouanet

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Cooperifa lança "CINEMA NA LAJE"



A partir de março, a periferia de São Paulo ganhou uma sala de cinema ao ar livre, e na primeira e terceira segunda-feira do mês, a laje do Zé batidão, onde acontece há sete anos, o tradicional sarau da Cooperifa, vai virar o cinema Paradiso da Zona Sul paulistana. O Cinema na laje vai ser um espaço alternativo para exibição de filmes e documentários de todas as partes do Brasil e do mundo. E criado principalmente para dar vazão ao cinema produzido por jovens da região. Além dos filmes já estão agendadas algumas mostras, debates e visitas de alunos de escolas da região (no lançamento duas salas do CIEJA foram convidadas). A Exibição dos filmes é da PACO´S PRODUÇÕES. Para o lançamento do projeto houve a exibição de dois documentários realizados na periferia : "Povo lindo, povo inteligente", de Sérgio Glagliardi e Maurício Falcão e a "A Ponte", de João Wainer e Roberto T. Oliveira. E para manter o velho charme do cinema antigo, um lanterninha foi contratado para que ninguém se perca no escurinho da laje, a entrada é franca e a pipoca é grátis.
.
CINEMA NA LAJE
COOPERIFA - Bar do Zé batidão
Rua Bartolomeu dos Santos, 797 Chácara Santana - Zona Sul - São Paulo
120 lugares – Grátis (com direito a pipoca)
Infs. 72074748 - www.colecionadordepedras.blogspot.com

quinta-feira, 23 de abril de 2009

SUSAN BOYLE - NÃO JULGUE UM LIVRO PELA CAPA...

video


Da próxima vez que vc. olhar para uma pessoa, procure vê-la sem idéias pré concebidas de aparência e idade.

Ao conhecermos a fundo, a pessoa mais simples, poderemos ter agradáveis surpresas.

Uma desempregada de 47 anos, chamada Susan Boyle, que nem mesmo sabia definir o tamanho de sua cidade,é a personalidade mundial do momento.

Simples, Susan disse sem nenhum constrangimento que jamais havia sido beijada, antes do programa.

Longe de ser um modelo de beleza, você verá que surgem preconceitos imediatos, quando a vemos. Preconceitos que são destruídos nos primeiros segundos em que ela canta.

Os repórteres descobriram que ela cantava em um karaokê em sua cidade natal e que cuidou por vários anos de sua mãe convalescente, até que ela faleceu, há alguns anos. Desde então, Susan foi abandonando a música, até que decidiu tentar a sorte no programa de TV. Apesar de desempregada, Susan é voluntária na igreja local de seu vilarejo.

Até mesmo a produção achou que ela era apenas um personagem cômico. Se você não é um dos 64 milhões de pessoas que viram Susan neste tempo recorde, a hora é agora.

Este vídeo acabou de bater TODOS os recordes existentes no PLANETA, e na história do Youtube.

Para se ter uma idéia, a posse de Barak Obama foi vista por 14 milhões de pessoas. A senhora Susan Boyle, com sua simplicidade e aparência física longe de ser um modelo de beleza, encantou EM UMA SEMANA 64 MILHÕES de pessoas.

sábado, 18 de abril de 2009

ENTREVISTA NA TV CINEC E INCENTIVO À LEITURA




JÁ ESTA CONFIRMADO SERÁ NO DIA 22 DE ABRIL, QUARTA FEIRA ÀS 21:00 hs A ENTREVISTA DA QUAL PARTICIPAREI NA TV CINEC: WWW.TVCINEC.COM.BR, NO PROGRAMA LETRAS CRIATIVAS, ONDE IREMOS FALAR SOBRE MINHA PARTICIPAÇÃO NA REBRA, MEUS NOVOS TRABALHOS, ALÉM DO LIVRO FAZENDO LUZ, E SOBRE O INCENTIVO À LEITURA NA CIDADE DE SÃO PAULO. CONFIRAM!!!


WWW.TVCINEC.COM.BR
PROGRAMA LETRAS CRIATIVAS
DIA: 22/04/09
HORA: 21:00

sexta-feira, 10 de abril de 2009

POESIA CONCRETA DE KATIA MARTINS

POR VIR


SINTO
NA BOCA
O GOSTO DA VIDA
POR ACONTECER
O MOMENTO
POR-VIR
ENQUANDO ISSO
APENAS
RESTA
A CONSTATAÇÃO
AFLITA
O TEMPO A CORRER
E A JUVENTUDE
POR ENTRE MEUS DEDOS
A
E
S
C
O
R
R
E
R...

SOBRE POESIA CONCRETA

Poesia Concreta A POESIA CONCRETA Em 1956, a Exposição Nacional de Arte Concreta, realizada na cidade de São Paulo, lançou oficialmente o mais controverso movimento de poesia vanguardista brasileira: o concretismo*.


Criada por Décio Pignatari (1927), Haroldo de Campos (1929) e Augusto de Campos (1931), a poesia concreta era um ataque à produção poética da época, dominada pela geração de 1945, a quem os jovens paulistas acusavam de verbalismo, subjetivismo, falta de apuro e incapacidade de expressar a nova realidade gerada pela revolução industrial. São Paulo vivia então o apogeu do desenvolvimentismo da Era J.K. e seus intelectuais buscavam uma poética ideológica/artística cosmopolita, como tinham feito os modernistas de 1922. Por isso, um dos modelos adotados pelos concretos foi Oswald de Andrade cuja lírica sintética (“poemas-pílula”) representava para eles o vanguardismo mais radical.


* Desde 1952, os jovens intelectuais paulistas vinham procurando um novo caminho através de uma revista chamada Noigandres, palavra tirada de um poema de Erza Pound e que não significa nada. "Todo o poema é uma aventura planificada" Em síntese, os criadores do concretismo propugnavam um experimentalismo poético (planificado e racionalizado) que obedecia aos seguintes princípios: - Abolição do verso tradicional, sobretudo através da eliminação dos laços sintáticos (preposições, conjunções, pronomes, etc.), gerando uma poesia objetiva, concreta, feita quase tão somente de substantivos e verbos; - Um linguagem necessariamente sintética, dinâmica, homóloga à sociedade industrial (“A importância do olho na comunicação mais rápida... os anúncios luminosos, as histórias em quadrinhos, a necessidade do movimento....”); - Utilização de paronomásias, neologismos, estrangeirismos; separação de prefixos e sufixos; repetição de certos morfemas; valorização da palavra solta (som, forma visual, carga semântica) que se fragmenta e recompõe na página; - O poema transforma-se em objeto visual, valendo-se do espaço gráfico como agente estrutural: uso dos espaços brancos, de recursos tipográficos, etc.; em função disso o poema deverá ser simultaneamente lido e visto. Exemplo destas propostas pode ser encontrado no poema Terra de Décio Pignatari:

ra terra ter rat erra ter rate rra ter rater ra ter raterr a ter raterra terr araterra ter raraterra te rraraterra t erraraterra terraraterra


Observe-se o despojamento e o jogo verbal deste poema de Haroldo de Campos:

de sol a sol soldado de sal a sal salgado de sova a sova sovado de suco a suco sugado de sono a sono sonado sangrado de sangue a sangue


Os recursos visuais

Os recursos visuais são utilizados por Augusto de Campos como no poema abaixo entitulado Eis os amantes:

COLOCAR EIS OS AMANTES

Em Pós-tudo, escrito no fim da década de 80, Augusto de Campos parece fazer o inventário de sua participação no concretismo, identificando o seu papel nas mudanças poéticas e reconhecendo que o caminho revolucionário acabara na mudez*:

COLOCAR POEMA PÓS –TUDO *


Mudo aqui tem um sentido ambivalente.

Além da indicação de mudez, o termo poderia ser interpretado como forma verbal de mudar, traduzindo assim o início uma nova busca de alternativas por parte do autor, após a experiência concretista.


VÍDEO DE ENTREVISTA DE HAROLDO DE CAMPOS

video

quarta-feira, 8 de abril de 2009

KATIA MARTINS EM ENTREVISTA NA TV CINEC

FOI COM MUITA ALEGRIA QUE RECEBI O CONVITE PARA UMA ENTREVISTA NA TV CINEC (UM ESPAÇO DE TV VIRTUAL).

SEGUNDO O FELIPE O RESPONSÁVEL PELO PROGRAMA LITERÁRIO, PROVAVELMENTE SERÁ NO FINAL DE ABRIL.

CONVIDO A TODOS E TODAS PARA CONFERIR A ENTREVISTA. VAMOS TENTAR AGITAR POETICAMENTE O MUNDO VIRTUAL. CONFIRAM EM WWW.TVCINEC.COM.BR

REBRA NA TVCINEC

O EVENTO EM COMEMORAÇÃO AOS 10 ANOS DA REBRA NO DIA 08 DE MARÇO, ESTÁ SENDO APRESENTADO NA TV CINEC.

VALE A PENA DAR UMA PASSADINHA LÁ NO SITE, E ASSISTIR NA ÍNTEGRA A FESTA, COM A PRESENÇA DE IGNACIO DE LOYOLA BRANDÃO, JOSÉ NÊUMANE PINTO, GIULIA GAM, JOYCE CAVALCANTE, (PRESIDENTA DA REBRA), E NÓS ESCRITORAS, SÓCIAS DA REBRA. O ENDEREÇO É: WWW.TVCINEC.COM.BR