sábado, 9 de janeiro de 2010

2010 é declarado Ano da Biodiversidade pela ONU

A ocupação desordenada de áreas naturais, a exploração predatória de recursos da natureza e a poluição são algumas ações humanas que têm trazido sérias consequências, levando o planeta a perder cada vez mais espécies animais e vegetais.


Para chamar a atenção ao problema, a Organização das Nações Unidas (ONU) declarou 2010 o Ano Internacional da Biodiversidade. Um dos eventos que abre oficialmente o programa acontece em Curitiba, nesta sexta-feira (8/1): a Convenção em Diversidade Biológica: http://www.cbd.int/2010/. O evento é abrangente e inclui discussões de como agir para defender a diversidade de espécies, também em áreas urbanas.


Ela reúne autoridades governamentais do Brasil e do exterior, representantes da ONU e pesquisadores. O Programa Biota-FAPESP participa, representado pelo professor Roberto Gomes de Sousa Berlinck, do Instituto de Química de São Carlos, da Universidade de São Paulo.


“A natureza é uma rede extremamente intrincada que precisa ser mantida para a vida existir. Porém, essa harmonia tem sido cada vez mais ameaçada”, disse Berlinck sobre a importância da coexistência das espécies.


Com informações da Agência Fapesp


em: BANCO DO PLANETA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE,
DÊ SUA SUGESTÃO OU OPINIÃO.