segunda-feira, 7 de setembro de 2009

ESCRITORES AGREDIDOS EM SÃO PAULO

Cineasta e escritor dizem ter sido agredidos por seguranças de boate em SP









Confusão teria começado quando escritor pagava a conta.Pai da jovem, o cineasta José Mojica Marins, criticou atitude.












A cineasta e atriz Liz Marins, de 37 anos, diz ter sido agredida juntamente com um amigo, o escritor Cristiano Marinho, de 32 anos, que usa o nome artístico de Kizzy Ysatis, na boate "A Loca", na Rua Frei Caneca, na Consolação, região central de São Paulo, no início da manhã desta sexta-feira (4).

Procurada pelo G1 desde as 10h30 desta sexta, a casa norturna não havia comentado o caso até por volta das 15h. A Polícia Militar informou que foi acionada para atender o caso, que estaria relacionado com uma briga entre seguranças e cliente por causa da perda de uma comanda. Pai da jovem, o cineasta José Mojica Marins, mais conhecido como Zé do Caixão, criticou atitude dos funcionários. "Pelo que minha filha me contou, eles nem deram chance para resolver a questão".
A cineasta e o amigo foram levados para a Santa Casa de Misericórdia, na região central. Ela tinha marcas roxas nos braços e no pulso.

O G1 não conseguiu falar com Marinho porque ele estava sendo atendido no momento em que a reportagem esteve na Santa Casa. A irmã dele, a advogada Alessandra Marinho, mostrou uma fotografia do escritor com o rosto machucado e sangrando. "Meu irmão foi espancado e nós vamos processar a boate", afirmou ela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE,
DÊ SUA SUGESTÃO OU OPINIÃO.